Praia Grande13 3473.4284    Mongaguá13 3507.7944 São Paulo 11 2276.8588 / 11 2594.9444

Ações por atraso de condomínio crescem 226,5% no ano

24/07/2017

Os impactos da retração da economia na renda e no emprego continuam afetando a saúde financeira das famílias

O número de ações por falta de pagamento da taxa de condomínio no primeiro semestre deste ano mais que triplicou em relação ao ano passado, mostra levantamento do Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), realizado no Tribunal de Justiça do Estado São Paulo.

De janeiro a junho, foram protocoladas 6.059 ações, uma alta de 226,5% em comparação ao mesmo período de 2016, quando foram ajuizadas 1.856 ações na cidade de São Paulo.

Para o vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Sindicato, Hubert Gebara, os números confirmam a tendência de alta para este ano.

Ele atribui o aumento ao novo Código de Processo Civil, que agilizou a cobrança judicial.

“Com a entrada em vigor do novo Código, o síndico passou a ter uma nova ferramenta para auxiliá-lo no combate à inadimplência e, consequentemente, no equilíbrio do caixa do condomínio”.

O número mostra também que os impactos da retração da economia na renda e no emprego continuam afetando a saúde financeira das famílias.

Por Angelo Pavini, da Arena do Pavini

ARTIGOS RELACIONADOS

Tudo sobre vida em condomínio

Saiba mais...

Pintura de fachada de condomínio

Saiba mais...

Insalubridade, PPRA e PCMSO

Saiba mais...