Praia Grande13 3473.4284    Mongaguá13 3507.7944 São Paulo 11 2276.8588 / 11 2594.9444

Administradora de condomínios de Curitiba é suspeita lesar moradores

30/03/2017

Segundo advogado, condomínio perdeu quase R$ 120 mil em seis meses.
Moradores só descobriram golpe porque água e luz quase foram cortados.

Uma administradora é suspeita de desviar pagamentos de moradores de um condomínio em Curitiba. Segundo denúncia dos próprios condôminos, o dinheiro que era para ser usado nas despesas ia, indevidamente, para a conta da empresa.

 

Com o crime, o condomínio perdeu quase R$ 120 mil em seis meses, de acordo com o advogado contrato pelos moradores. Há dois meses, não há dinheiro em caixa para o prédio. Foi preciso parcelar algumas contas e dívidas, que estão sendo negociadas.

 

“O dinheiro foi transferido indevidamente para a conta da empresa que é responsável pela administração do prédio. Ela não só tirou o dinheiro da conta, mas também o dinheiro do fundo de reserva e o dinheiro da poupança”, afirma o advogado.

 

De acordo com o defensor, a administradora forjou boletos e relatórios, que faziam os pagamentos serem depositados diretamente na conta da empresa. Eles também simulavam que as contas estavam em dia, dizem os denunciantes.

 

O advogado afirma que os moradores demoraram para perceber que estavam sendo lesados porque a empresa transferiu o dinheiro aos poucos e deixou de pagar despesas que chamavam menos a atenção, como as de elevador e prestação de serviços.

 

Os moradores só descobriram o crime quando luz e água estavam prestes a serem cortadas. Eles foram ao banco e encontraram as contas zeradas.

 

O condomínio procurou a administradora, mas, sem conseguir recuperar o dinheiro, foi à Justiça. O advogado afirma que está não é o único caso – ele já orientou outros dois condomínios que também teriam sido lesados pela mesma administradora em R$ 260 mil.

 

Ainda não há um levantamento oficial de quantos condomínios foram lesados pela administradora, mas alguns moradores já registraram boletim de ocorrência contra a empresa.

 

Dizendo ter medo de represálias, os síndicos não quiseram se identificar, mas disseram que, em conversas entre eles, descobriram que pelo menos 17 condomínios teriam sido lesados pela administradora.

A empresa foi procurada pela reportagem, mas negou irregularidades. O advogado da administradora afirma que as atividades da empresa foram suspensas neste semana e uma auditoria interna foi instaurada.

 

Fonte:  http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2017/03/administradora-de-condominios-de-curitiba-e-suspeita-lesar-moradores.html

ARTIGOS RELACIONADOS

Condomínio indenizará vigilante vítima de assalto simulado pelo chefe

Saiba mais...

Chuva expõe problemas do prédio que poderiam ser evitados.

Saiba mais...

Multas de condomínio podem custar até cinco vezes o valor da taxa mensal

Saiba mais...