Praia Grande13 3473.4284    Mongaguá13 3507.7944 São Paulo 11 2276.8588 / 11 2594.9444

Atenção à correta utilização dos elevadores garante viagens seguras 

28/09/2018

O elevador é o meio de transporte mais seguro que existe. No entanto, a segurança não se restringe ao próprio equipamento e a seus elementos. Ela depende também da utilização correta por parte dos usuários.

Respeitar a capacidade máxima de pessoas e de peso é um dos fatores determinantes para o bom funcionamento do elevador. O elevador está cheio? Aguarde o próximo.

Pular dentro da cabina ou colocar peso em excesso em apenas um dos lados também deve ser evitado. Se presenciar um usuário agindo de forma errada, comunique ao síndico do prédio.

Colocar as mãos na lateral das portas para impedir o fechamento pode parecer uma boa ideia e até sinal de educação, mas não deve ser feito. O sensor presente no equipamento pode não detectar o movimento em função da mão estar em uma altura diferente e a porta do elevador se fechar, ocasionando um acidente. Para manter a porta aberta de forma segura por mais alguns instantes, o correto é utilizar o botão de chamada do pavimento ou dentro da cabina. O mesmo cuidado vale para as crianças. Se a altura da criança for mais baixa do que a posição do sensor, a porta não irá detectar a presença e poderá fechar. Por isso, menores de 10 anos devem sempre estar acompanhados por um adulto ou serem levadas pelas mãos ou no colo.

Um dos medos mais comuns é ficar retido na cabina, principalmente se o elevador parar entre dois andares. Se isso acontecer, o melhor a fazer é manter a calma enquanto aguarda a assistência especializada do técnico da empresa responsável pela manutenção do equipamento ou a atuação do Bombeiro da Polícia Militar. Forçar a abertura das portas ou tentar sair sem ajuda desses especialistas podem causar acidentes graves a até fatais.

Outra dica é, ao entrar ou sair da cabina, sempre verifique se o elevador está parado no andar e se o piso está na mesma altura do pavimento. Distraídos ao celular, muitas vezes não prestamos atenção a essas condições. Caso perceba algum desnível, comunique o síndico ou a administração do edifício imediatamente.

Por fim, ao transportar seu animal de estimação, é importante segurá-lo com firmeza e mantê-lo afastado das portas quando estiverem fechando. Animais de pequeno porte devem permanecer no colo e os de grande ou médio porte precisam de coleira e focinheiras para permanecerem sobre controle e evitar que incomodem outros moradores.

Estas dicas vão garantir viagens seguras e confortáveis para todos.
Autor: Marco Contreiras – Gerente das Filiais São Paulo Interior e São Paulo Litoral.
Elevadores Atlas Schindler

ARTIGOS RELACIONADOS

Gastos são obstáculo na adaptação de condomínios ao combate a incêndios

Saiba mais...

Condomínio: Saiba como lidar com o consumo de drogas no ambiente condominial

Saiba mais...

Acessibilidade no condomínio: é lei e sinal de respeito

Saiba mais...